April 24, 2008

25 de Abril

Aquela foi a madrugada de todos os perigos
viemos para as praças de mão dada
soltando os medos e os clamores
e chorámos nos braços dos amigos
A liberdade agitava os nossos corações
os punhos aclamavam os libertadores
e abriam-se as grades das prisões
O pensamento feito razão num dia assim
as ondas do vento chamando pelo meu País
e o povo unido saiu à rua saudando o fim

E agora precisamos de outro dia assim

1 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Tens razão! Precisamos mesmo de outro dia igual a esse. E, desta vez, não o vamos deixar fugir!!
Gustavo

2:36 am  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home