April 23, 2006

Insónia

Van Gogh, Starry Night

Fecho os olhos
a prolongar a noite
para melhor recordar
o rosto da luz
a olhar as estrelas erradas
e a insónia da lua
através da janela fechada

6 Comments:

Blogger antonior said...

Olá Marília!
A vida não facilita as visitas a esta galáxia de almas em exorcismo....blogs.
Vim agora pôr-me em dia, e, sobretudo, li poemas belíssimos...
este blog vai aumentando de intensidade....até onde?!

Beijinhos

1:39 pm  
Blogger antonior said...

Marília, peço desculpa pelo caso do mail não respondido, mas estou mesmo sem acesso a eles, de momento.
Espero resolver esse assunto, com brevidade.

Até breve
Beijinhos

5:22 pm  
Blogger Victor said...

Querida Marília. Obrigado por me ter encaminhado para o seu maravilhoso blogue. Poemas e cores de encantar. Em comum temos diversos aspectos. Um deles é o facto de vivermos na mesma freguesia de Charneca de Caparica. Mas muitos outros interesses são comuns... fotografia, pintura, o mar da Caparica... Beijinhos.

7:05 pm  
Blogger antonior said...

Marília,
Um sentido agradecimento pelas palavras, deixadas lá, do meu lado.
Estou com curiosidade de ver como tem evoluído a sua pintura neste tempo que eu não tenho ido à Aroeira.
O Timtim, retribui os cumprimentos e cheiradelas à Duna, ao Tonto e ao Max.
Beijinhos

7:13 pm  
Blogger Mendes Ferreira said...

obrigada....


________________________

até breve. então.


irei ler o seu blog.

12:32 am  
Blogger Isa Calixto said...

Marília
Obrigada pela ternura da presença no meu refúgio.
Gostei do que aqui li e do que vi. Afinal as minhas paixões, desde sempre, ainda que seja uma humilde contribuinte neste mundo.
Sempre gostei de desenhar e pintar, ao contrário só há poucos anos comecei a escrever...
Muita inspiração para a nova arte que foi iniciada e virei mais vezes, para ler as palavras sentidas...

Um beijinho
Bom fim de semana e bom feriado

12:04 pm  

Post a Comment

<< Home